Psicomotricidade na Educação Infantil

Por: Ana Maria Nunes de Sousa

hhhhhhh

O que podemos entender por PSICOMOTRICIDADE?

Faremos aqui um breve relato das informações obtidas no estudo da psicomotricidade e sua relação com a pedagogia. No decorrer da nossa leitura veremos como a Psicomotricidade na criança envolve seu corpo, seus movimentos e pensamentos. Já a Pedagogia envolve o ensino/aprendizagem desde as séries iniciais.  Todo educador deve procurar atrelar a psicomotricidade à sua prática educativa para colaborar com o desenvolvimento da criança, levando-a a sentir prazer e interesse pelo seu aprendizado.

O uso da psicomotricidade na Educação Infantil e nos primeiros anos do Ensino Fundamental é um trabalho contínuo de transformação da criança. Seu uso contribui para o seu desenvolvimento e para suas mudanças psicológicas e sociais.

 Caron em seu artigo, destaca Alves e Vayer que falam da psicomotricidade como “o corpo em movimento” e que se encontra “incorporada nas correntes atuais da psicopedagogia”.

A psicomotricidade tem o objetivo de trabalhar o indivíduo com toda sua história de vida: social, política e econômica. Essa história se retrata no seu corpo. Trabalha, também, o afeto e o desafeto do corpo, desenvolve o seu aspecto comunicativo, dando-lhe a possibilidade de dominá-lo, economizar sua energia, de pensar seus gestos, a fim de trabalhar a estética de aperfeiçoar o seu equilíbrio. Psicomotricidade é o corpo em movimento, considerando o ser em sua totalidade. Engloba várias outras áreas: educacionais, pedagógicas e de saúde, por ter o homem como objeto de estudo (ALVES, 2007 apud. CARON, 2010, p.06-07).

Como podemos perceber, a psicomotricidade não é apenas o corpo em movimento, mas engloba o individuo em sua totalidade.

O estudo da Educação Psicomotora é de grande importância para todo educador, principalmente os que atuam na Educação Infantil desde a creche até o fundamental, não esquecendo também do trabalho realizado com crianças e jovens da Educação Especial.

É importante ressaltar que a educação psicomotora, baseada na psicomotricidade, é uma técnica pedagógica necessária a toda a criança, seja ela normal ou deficiente, e está hoje incorporada nas correntes atuais da psicopedagogia (VAYER, 1982 apud CARON, 2010, p.07).

 

A Educação Psicomotora é desenvolvida por vários aspectos: físico-motor, afetivo-social e cognitivo-intelectual. Conforme entendimento de Caron (2010, p.07), Jean Piaget (1889 – 1980) em seu estudo das “estruturas cognitivas” nos explica da “importância do período sensório motor e da motricidade, principalmente antes da aquisição da linguagem”. Todo educador, desde a Educação Infantil, não pode prescindir da educação psicomotora, devendo assim propiciar para toda criança meios de explorar movimentos corporais para promoção de um trabalho centrado no desenvolvimento da criança como ser holístico, com visão e entendimento geral. Esse é um trabalho contínuo de transformação da criança, onde o educador contribui para o seu desenvolvimento e para suas mudanças psicológicas e sociais, além de procurar aprimorar na criança sua autodisciplina e o respeito ao seu semelhante. Com isso, a pedagogia se fortalece quando dialoga com outras áreas do conhecimento, se tornando multidisciplinar, sempre focando na educação e nas suas variantes.

Lamentável que, em nosso curso de Licenciatura em Pedagogia da Universidade Federal da Bahia, a disciplina Psicomotricidade conste em nossa matriz curricular como optativa. Ademais, raramente ofertada. Um claro indicativo de que há uma excessiva preocupação com aspectos cognitivos envolvendo o processo de ensino-aprendizagem. Hora de se repensar se também nas origens do problema da escola não está a fantasia curricular do nosso curso de que nossos futuros alunos serão seres desencarnados.

Destacamos aqui o pensamento de dois grandes estudiosos:

Jean Piaget – A criança começa sua coordenação de movimentos, percebendo e pegando objetos por volta dos 05(cinco) meses. Com isso, inicia mais aceleradamente seu desenvolvimento físico motriz adquirindo novas habilidades.  A coordenação motora fina na criança pode-se perceber entre os 2 e os 7 anos com a sua maturação neurofisiológica que se completa e se amplia dando-lhe possibilidades de pegar com maior firmeza e corretamente determinados tipo de objetos;

Lev Vygotsky – entende que a fala e a motricidade andam jutas. Sendo que com o desenvolvimento do sujeito a fala dirige, determina e domina a ação que existe. Na interação criança/adulto movimentos gestuais são criados, dando a criança certo tipo de controle em suas relações sociais. Na concepção de Vygotsky (2003), para a criança um dos fatores importante e essencial no seu desenvolvimento é o brincar. Este lhe dá independência com relação suas limitações nas mais variadas situações, favorecendo na criança a capacidade de desenvolver “o pensamento abstrato, o desenvolvimento da vontade e a capacidade de fazer escolhas conscientes” (CASTRO & GOMES, 2010 p.04).

hhhhh

 

 

 

 

Referências:

CARON, J. Psicomotricidade: Um recurso envolvente na psicopedagogia para a aprendizagem. Revista de Educação do Ideau. v.5 – n.10 – semestral (Janeiro a Junho/2010) – Instituto de Desenvolvimento Educacional do Alto Uruguai – Faculdade IDEAU. Disponível em: <<http://www.ideau.com.br/bage/upload/artigos/art_52.pdf>>.  Acesso em 22 de ago de 2014.

MORAES, I.M.A. – A VISÃO DOS EDUCADORES SOBRE DESENVOLVIMENTO HUMANO. Sobradinho – DF/2012. Disponível em:<<http://ivoneavelar.blogspot.com.br/2012/09/a-visao-dos-educadores-sobre.html>>.  Acesso em: 22 de ago de 2014.

CASTRO (Psicomotricista Titular do SBP) & GOMES (Professor e Pedagogo da Rede Municipal e Particular de Ensino – FSA/Piaui) 2010 – BRINCAR E DESENVOLVIMENTO INFANTIL: UMA ANÁLISE REFLEXIVA.  Disponível em: <<http://www.ufpi.br/subsiteFiles/ppged/arquivos/files/VI.encontro.2010/GT.8/GT_08_04_2010.pdf >>.  Acesso em: 24 de ago de 2014.

Anúncios
Esse post foi publicado em POSTS. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s